h1

Inteligencia dos Jogadores de Futebol

18/08/2009

Eu peguei a bola no meio de campo e fui fondo, fui fondo, fui fondo e chutei pro gol’

(Jardel, ex-jogador do Vasco e Grêmio, ao relatar ao repórter o gol que tinha feito)

‘A bola ia indo, indo, indo.. e iu !!!’
(Paulo Nunes, comentando um gol que marcou quando jogava no Palmeiras)

‘Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu’
(Claudiomiro, ex-meia do Inter de Porto Alegre, ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu, pelo Brasileirão de 72)

‘Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola’
(Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo)

‘No México que é bom, lá a gente recebe semanalmente de 15 em 15 dias’
(Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos)

‘Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe’ (Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção)

‘O meu clube estava à beira do precipício, mas tomou a decisão correta deu um passo à frente’. (João Pinto, jogador do Benfica de Portugal)

‘Na Bahia é todo mundo muito simpático… é um povo muito hospitalar’
(Zanata, baiano, ex-lateral do Fluminense, ao comentar sobre a hospitalidade do povo baiano).

‘Haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão’ (Vicente Matheus).

aChADo no agora vai

Anúncios

One comment

  1. Excelente artigo, precisamos de pessoas assim que falem mesmo. Para quem gosta de discussões sobre futebol pode acessar o http://www.futebolforum.tk



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: